Posts

A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Brigada Militar faz concorrência pública para adquirir gêneros alimentícios e carvão nacional, em 1917.

Brigada Militar do Estado

Assistência do material

De ordem do cidadão Coronel Commandante Geral, chamo concurrentes para o fornecimento de generos alimentícios ás Praças arranchadas desta força, dietas para os doentes em tratamento no Hospital e carvão nacional para o consumo dos motores do Quartel de Cavallaria e Hospital, no Crystal, no segundo semestre do corrente anno.

As propostas, em uma só via, deverão ser entregues na Secretaria do Commando Geral, no dia 20 do corrente.

Os pretendentes poderão receber informações todos os dias uteis das 13 ás 16 horas, nesta Assistencia.

Quartel do Commando Geral em Porto Alegre, 5 de junho de 1917.

Arlindo Franklin Barboza

Capitão Assistente do Material

Fonte: A Federação, Anno XXXIV, Edição 129, de 05/06/1917, terça-feira, pág. 2. *Mantida a grafia da época

A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Brigada Militar faz concorrência pública para adquirir gêneros alimentícios e forragem, em 1914

A Federação, no dia 04 de junho de 1914, quinta-feira, noticiava:

Brigada Militar

De ordem do sr. Coronel Commandante desta Brigada, chamo concorrentes para o fornecimento de gêneros alimentícios para as Praças e forragem para os animaes em argola, correspondente ao 2º semestre do corrente anno.

Os proponentes caucionarão na Assistencia do Material a quantia de cem mil (100$000) para garantir a assinatura da proposta.

Os requerimentos de inscripções, acompanhados dos documentos referentes ao pagamento de impostos profissionais relativos ao ultimo semestre vencido e do recibo da caução já referida, serão apresentados á secretaria do Commando Geral até o dia 18 de junho p. futuro e as propostas em uma só via, com sello de 400 rs. Estadual, a 15 do referente mez.

Quartel do Commando Geral da Brigada Militar, em Porto Alegre, 25 de maio de 1914.

Capitão José João Beckmann

Assistente do Material interino.

Fonte: A Federação, Anno XXXI, Edição 130, de 04/06/1914, quinta-feira, pág. 4. *Mantida a grafia da época.

Atual instalações da Academia de Polícia Militar

A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Tenente-Coronel Claudino Nunes Pereira assume o comando do 1º Regimento de Cavalaria da Brigada Militar, em 1914.

A Federação, no dia 27 de março de 1914, sexta-feira, noticiava:

Louvor em ordem do dia

É do theor seguinte a ordem do dia com que o coronel Cypriano Ferreira, commandante geral da Brigada Militar, louvou o tenente-coronel Claudino Nunes Pereira, ao desligal-o do seu estado-maior:

“Quartel do Commando Geral da Brigada Militar em Porto Alegre, 26 do março de 1914.

Ordem do dia n.171. – Para conhecimento e devida execução, publico o seguinte:

Commando do 1° Regimento: — Louvor.—Tendo entregado ao seu substituto a repartição que se achava a seu cargo o tenente-coronel Claudino Nunes Pereira do 1º Regimento de Cavallaria, nomeado para este posto por acto do exmo. sr. presidente do Estado, de 23 do agosto do anno findo, determino que assuma hoje o respectivo commando.

Desligando do Estado-Maior da Brigada o digno official que vinha desempenhando desde 6 de janeiro do 1908, com  infatigavel atividade, as funcções de Assistente do Material, cumpro agradavel dever louvando-o pela íntelligencia, zelo e solicitude com que se conduziu no cumprimento do seus deveres, revelando competencia não vulgar e dando irrefragaveis provas de seu devotamento ao serviço.

Embora vendo-me com pezar privado do seu valioso e leal concurso na Assistência, sinto, todavia, viva satisfação com a escolha que fez o governo de sua pessoa para a elevada cathegoria de chefe de corpo, onde, certamente novos e distinctos serviços virá prestar á causa publica.

(Assignado) Cypriano da Costa Ferreira, coronel.

 

Fonte: A Federação, Anno XXXI, Edição 072, de 27/03/1914, sexta-feira, página 5. *Mantida a grafia da época

Atual instalações da Academia de Polícia Militar

A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Manifestação da Apreço ao Coronel Claudino Nunes Pereira, em 1914

A Federação, no dia 26 de março de 1914, quinta-feira, noticiava:

MANIFESTAÇÃO DE APREÇO

Por ter de assumir, hoje, o comando do 1º Regimento de Cavallaria da Brigada Militar, recebeu, hontem, uma manifestação de apreço de seus camaradas officiaes que servem no estado-maior o nosso amigo Tenente-Coronel Claudino Nunes Pereira que, por muito tempo, exerceu o cargo de Assistente do Material da mesma força.

Ás 13 horas, os officiaes acima, reunidos na repartição em que veiu de servir  o Tenente-Coronel Claudino, fizeram-lhe entrega  de um fino estojo de couro para campanha, contendo objectos próprios para toillete, sendo ofertante em nome de seus companheiros o Major Armando de Moraes Silveira, que pronunciou um ligeiro discurso, cheio de phrases repassadas de saudade, gratidão e protestos de solidariedade.

Respondendo, o Tenente-Coronel Claudino disse que a vontade de trabalhar e de acertar e o trato amigo que se honra de ter mantido sempre com seus camaradas, não soffrerão a mínima solução de continuidade, pois em o novo posto de responsabilidade em que se acha colocado, saberá corresponder á confiança do governo, de seus amigos e camaradas, tudo envidando pelo engrandecimento da Brigada Militar e, portanto, do Estado.

Com saudade, pois, despede-se também de seus camaradas, agradecendo-lhes a oferta valiosa e pondo-se á sua disposição como amigo e companheiro d’arma.

O Tenente-Coronel Claudino, em seguida, percorreu todas as dependências da repartição da Assistência do Material, despedindo-se de seus auxiliares.

Fonte: A Federação, Anno XXXI, Edição 071, de 26/03/1914, quinta-feira, página 6. *Mantida a grafia da época.

A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – A logística, em 1917.

A Federação, no dia 02 de fevereiro de 1917, sexta-feira, noticiava:

Assistencia do Material da Brigada Militar

– O capitão Arlindo Franklin Barbosa, assistente do material da Brigada Militar, recebeu, hoje, no Thesouro do Estado a quantia de 12:356$666 para pagamento dos vencimentos dos officiaes do Estado-Maior, e 1:800$000 idem dos da Escolta Presidencial relativos ao mez findo.

– Convenientemente concertados nas officinas da Brigada, foram entregues: ao Deposito de Recrutas, 2 carroças de 4 rodas; ao Posto de Veterinaria, 1 dita; ao 3º Batalhão de Infantaria, 6 carabinas Mauzer e 1 carrinho de 2 rodas.

– O alferes commandante do destacamento do 2º Batalhão de Infantaria, no povoado do Picão, em Rocca Salles, communicou que recebeu, por intermedio da casa comercial dos srs. Fava & Toqui, a quantia de 2:329$300, liquido dos seus vencimemos e das praças do mesmo destacamento relativos ao mez de dezembro findo, de sua gratificação e das ditas praças relativa ao mez de novembro findo, tendo feito os respectivos pagamentos, sem novidade.

*Mantida a grafia da época.

Fonte: Jornal A Federação, Ano XXXIV, edição 029, de 02/02/1917, sexta-feira, página 4

A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Novo fardamento da Brigada Militar. Em 1917.

A Federação, no dia 18 de janeiro de 1917, quinta-feira, noticiava:

Novo fardamento – A Assistencia do Material da Brigada Militar está habilitada a fornecer nos officiaes panno fino para o 1º uniformne, á razão de 17$000 o metro do panno extrangeiro o a 8$500 o do nacional.

Tambem fornecerá qualquer peça do novo uniforme e que tenha em arrecadação.

Os pagamentos serão feitos em prestações mensaes, variando de 2 a 5, conforme a importancia da divida contrahida.

Os commandantes de corpos farão recolher, por ordem do commando geral da Brigada Militar, os botões de latão do fardamento azul ferrete em uso, logo que as praças tenham recebido fardamento do novo plano de uniformes.

No novo plano de uniformes não haverá para os artífices distinctivos que assignalem sua classificação relativamente ao serviço nas officinas.

*Mantida a grafia da época.

Fonte: Jornal A Federação, Ano XXXIV, edição 016, de 18/01/1917, quinta-feira, página 4

A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Ações da Assistência do Material da Brigada Militar

A Federação, no dia 09 de janeiro de 1917, terça-feira, noticiava:

Assistencia do Material da Brigada Militar

O capitão assistente do material da Brigada Militar remetteu ao 2º Regimento de Cavallaria, por intermedio do Banco Pelotense, a quantia de 1:458$720, importancia liquida das despesas urgentes feitas por aquelle Regimento, no mez de novembro do anno findo e vencimentos do tenente-coronel Juvencio Maximiliano Lemos, no mez de dezembro tambem do anno findo.

O capitão assistente do material recebeu do Thesouro do Estado a quantia de 7:717$254 para pagamento das despezas urgentes.

Á Assistencia do Material e ao Deposito de Recrutas, o comando da Brigada mandou descontar nos vencimentos dos segundos sargentos amanuense Orvalino Antonio Ramos e instructor Oscar Alves de Souza, a quantia de 2$700 de cada um, proveniente de 3 dias de etapas arranchadas, que lhes foram fornecidas pelo rancho do Grupo de Metralhadoras, quando incorporados ao 2º Batalhão de Infantaria, por occasião da revista de instrucção, conforme consta do officio do commando do mesmo corpo, n. 321 de 30 do mez findo.

*Mantida a grafia da época.

Fonte: Jornal A Federação, Ano XXXIV, edição 008, de 09/01/1917, terça-feira, página 5

A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Brigada Militar adquire equipamentos na Europa.

A Federação, no dia 27 de novembro de 1913, quinta-feira, noticiava:

Material de sapa

Deu entrada, hoje, na Assistência do Material da Brigada Militar, material de sapa ha mezes encommendado na Europa.

Fonte: Jornal A Federação, edição 276, de 26/11/1913, página 24. – *mantida a grafia da época

A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Importâncias entregues à Assistência do Material da Brigada Militar.

A Federação, no dia 30 de outubro de 1916, segunda, noticiava:

Importancias entregues á Assistencia do Material da Brigada Militar – Os corpos e repartições abaixo entregaram á Assistência do Material da Brigada Militar, durante o mez de setembro findo, as seguintes importâncias: 1º batalhão, 5:109$923; 2º batalhão, 3:569$270; 3º batalhão, 5:281$123; 1º regimento, 789$920; 2º regimento, 282$766; grupo de metralhadoras,  8:132$854; escolta presidencial, 391$700; hospital, 555$600; deposito de recrutas, 48$860; uzina electrica do Cristal, 180$000; secção de artífices, 43$200; invernada de Gravatahy, 200$000; e officiaes do estado-maior  85$200, proveniente de etapas das praças arranchadas, vencimentos das que estiveram em tratamento no hospital, descontos nos vencimentos das que devem á Fazenda do Estado, alimentação ás irmãs de caridade, medicamentos fornecidos a officiaes pela pharmacia do hospital, etc.
Entregaram á mesma repartição o sr. capitão José Rodrigues Sobral, curador do fallecido tenente reformado, João de Azevedo Machado, a quantia de 100$000, do tratamento deste no hospital, durante o mez de agosto uItimo; e o alferes Leoncio Alves da Costa Freire, 13$700 de medicamentos que lhe foram fornecidos pela pharmacia do hospital, no mesmo mez.

*Mantida a grafia da época.

Fonte: Jornal A Federação, Ano XXXIII, edição 252, de 30/10/1916, segunda-feira, página 6

A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Objetos remetidos para o 1º Regimento de Cavallaria da Brigada Militar

A Federação, no dia 26 de outubro de 1916, quinta-feira, noticiava:

Objectos remetidos para o 1º Regimento da Brigada Militar

A Assistencia do Material da Brigada Militar remeteu, hoje, para o 1º regimento de cavalaria da Brigada Militar, fornecidos a diversas repartições e praças, 100 tunicas, 100 calças, e 100 capas mescla e 200 pares de botinas, 3 pares de botas comuns, 1 par de botinas comuns, 2 chapéus de panno, 1 calça de brim branco, 2 calças de mescla, 2 tunicas de dito, 6.000 cartuchos Mauzer, modelo brasileiro, 6 varetas de aço para clavinas e 3 latas de coro-noleum.

*Mantida a grafia da época.

Fonte: Jornal A Federação, Ano XXXIII, edição 249, de 26/10/1916, quinta-feira, página 4