A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Comemoração alusiva aos 15 anos de falecimento do Dr. Julio de Castilhos.

O Correio do Povo, no dia 24 de outubro de 1918, quinta-feira, noticiava:

Julio de Castilhos – Passando, hoje, a data do falecimento do dr. Julio de Castilhos, ex-presidente deste Estado, o partido republicano, do qual o extincto foi chefe, realisará uma comemoração junto ao seu monumento, na praça Marechal Deodoro. O ponto de reunião para esse fim será em frente ao edifício da Assembléa dos Representantes, às 17 horas. A essa comemoração comparecerão, incorporados, a Assembléa dos Representantes, o Conselho Municipal e muitas escolas publicas. Junto ao monumento, fará uso da palavra, em nome do partido republicano e da Assembléa, o dr. Sérgio de Oliveira, deputado estadual. Por ocasião dessas solemnidades as bandas de Musica da Brigada Militar executarão a “Apotheose”, letra do poeta Zeferino Brasil, e musica do maestro alferes Pedro Borges, diretor da grande banda de musica da Brigada Militar. O original dessa produção, será na ocasião, offerecido ao dr. Borges de Medeiros, presidente do Estado.

*Mantida a grafia da época

Fonte: Correio do Povo – Coluna “HÁ UM SÉCULO NO CORREIO DO POVO”

O DIA 21 DE OUTUBRO NA HISTÓRIA DA BRIGADA MILITAR – Falecimento do Coronel Affonso Emílio Massot, em 1925

Há 93 anos, no dia 21 de outubro de 1925, quando exercia o cargo de Comandante-geral da Brigada Militar, faleceu o Coronel Afonso Emilio Massot.

Comandou a Brigada Militar por 10 anos, 7 meses e 21 dias.

Uma pequena biografia do Coronel Afonso Emílio Massot está disponível no livro No Ápice da Glória, disponível na  rede internet (páginas 45 a 57):

https://issuu.com/brigadiano/docs/no_apice_da_gloria

 

 

O DIA 15 DE OUTUBRO NA HISTÓRIA DA BRIGADA MILITAR – Inauguração do quartel do 2º Regimento de Cavalaria, em 1921

 

O Esboço Histórico da Brigada Militar, Volume II, páginas 19 a 21, disponível para acesso gratuito neste site, registra com detalhes este momento da História da Brigada Militar.

O Álbum Comemorativo dos 30 anos de criação da Brigada Militar, também disponível para acesso gratuito neste site, traz a seguintes imagens do evento:

 

 

 

 

 

 

 

 

O DIA 15 DE OUTUBRO NA HISTÓRIA DA BRIGADA MILITAR – A denominação Brigada Militar, em 1892

Há 126 anos, conforme registra SIMÕES[1], “… a crise política que antecedera a Revolução de 1893 alterou a estrutura administrativa estatal até então vigente sob o manto da Carta Estadual de 1891, desconstituída pelo governo provisório que assumira. Em decorrência disso, dentre seus efeitos marcantes, atingia-se a organização policial-militar existente, nas questões organizacionais, com implicação em mudanças sucessivas de denominações, até que, por fim, com o restabelecimento do “governo castilhista”, a mesma instituição sofria novo processo de reorganização geral em 15.10.1892, dando lugar a uma nova organização que recebera a denominação na ocasião de Brigada Militar do Estado …”

O Esboço Histórico da Brigada Militar, Volume I, páginas 62 a 73, disponível para acesso gratuito neste site, registra com detalhes este acontecimento da História da Brigada Militar.

[1] SIMÕES, Moacir Almeida, Brigada Militar: Trajetória Histórica e Evolução na Constituição, Porto Alegre, EDIPUCRS, 2014, páginas 119 a 132.

O DIA 11 DE OUTUBRO NA HISTÓRIA DA BRIGADA MILITAR – Criação do Curso Prático de Enfermeiros e Padioleiros, em 1916

Há 102 anos, a Brigada Militar criou um Curso Prático de Enfermeiros e Padioleiros.

O Esboço Histórico da Brigada Militar, Volume I, página 502, faz o seguinte registro:

“A ordem do dia nº 102 de 11 de outubro, diz que “atendendo às vantagens indiscutidas de se ter na Brigada Militar enfermeiros e padioleiros educados e preparados como profissionais competentes, capazes de desempenhar as importantes funções que lhes incumbem, tornando-se bons auxiliares dos médicos no serviço sanitário militar, resolve o comando geral criar o “Curso Pratico de Enfermeiros e Padioleiros da Brigada Militar” anéxo ao Hospital.

O regulamento respectivo, publicado na referida ordem do dia, foi elaborado pelo capitão dr. Armando Bélo Barbedo, chefe interino do serviço sanitário.”

O Álbum Comemorativo aos 30 anos de criação da Brigada Militar contém as seguintes ilustrações, relacionadas ao mencionado Curso:

O DIA 7 DE OUTUBRO NA HISTÓRIA DA BRIGADA MILITAR – Criação do 3º Regimento de Cavalaria, em 1930

Há 88 anos, no decorrer da Revolução de 1930, foi criado o 3º Regimento de Cavalaria, organizado na cidade de Alegrete, onde permaneceu até o final da Revolução.

Em 9 de janeiro de 1931, este Regimento foi transferido para a cidade de Passo Fundo, onde chegou no dia 12 do mesmo mês.

Mais detalhes sobre este episódio da História da BM podem ser vistos no Esboço Histórico da Brigada Militar, Volume III (páginas 74 e 87), disponível para acesso gratuito neste site.

Mais informações sobre a história do 3º Regimento de Cavalaria, hoje 3º Regimento de Polícia Montada (3º RPMon), podem ser acessadas em http://3rpmon.blogspot.com/p/historia.html