A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Força da Brigada Militar guarnece os passos do Rio Pelotas

O Correio do Povo do dia 23 de agosto de 1918, sexta-feira, noticiava:

Grupo de bandoleiros

Vaccaria, 21 – Estou informado de que um grupo de bandoleiros chefiados por João Ruas. está sendo perseguido pela policia, em Santa Catharina e Paraná, havendo cuidado para não permittir a invasão no nosso Estado. Com esse fim, já foram guardados todos os passos do rio Pelotas, desde Pavão até o Barracão.

Tal serviço está sendo feito por uma força da Brigada Militar, commandada pelo capitão Cândido Mesquita, auxiliado por 15 civis armados. A séde deste municipio ficou guarnecida por uma força sob o commando do tenente Felippe. O delegado de policia, sr. Alipio Porto seguiu junto á força do capitão Mesquita.

Vaccaria, 22 – Até agora nada transpirou da diligencia da força da Brigada Militar que guarda o rio Pelotas afim de evitar a invasão de bandoleiros dos Estados do Paraná e Santa Catharina.

*Mantida a grafia da época.

Fonte: Jornal Correio do Povo – Coluna “Há um século no Correio do Povo”

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *