A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Força da Brigada Militar guarnece os passos do Rio Pelotas, em 1918.

O Correio do Povo do dia 23 de agosto de 1918, sexta-feira, noticiava:

Grupo de bandoleiros

Vaccaria, 21 – Estou informado de que um grupo de bandoleiros chefiados por João Ruas. está sendo perseguido pela policia, em Santa Catharina e Paraná, havendo cuidado para não permittir a invasão no nosso Estado. Com esse fim, já foram guardados todos os passos do rio Pelotas, desde Pavão até o Barracão.

Tal serviço está sendo feito por uma força da Brigada Militar, commandada pelo capitão Cândido Mesquita, auxiliado por 15 civis armados. A séde deste municipio ficou guarnecida por uma força sob o commando do tenente Felippe. O delegado de policia, sr. Alipio Porto seguiu junto á força do capitão Mesquita.

Vaccaria, 22 – Até agora nada transpirou da diligencia da força da Brigada Militar que guarda o rio Pelotas afim de evitar a invasão de bandoleiros dos Estados do Paraná e Santa Catharina.

*Mantida a grafia da época.

Fonte: Jornal Correio do Povo – Coluna “Há um século no Correio do Povo”

O dia 12 de agosto, na História da Brigada Militar

No dia 12 de agosto de 1955, há 63 anos, foi criado o 9º BPM, com a denominação de “Companhia de Polícia Pedro e Paulo

Assista ao vídeo institucional produzido no ano de 2010, por ocasião do transcurso do 55º aniversário de criação.

 

O dia 08 de agosto na História da Brigada Militar …

Dia estadual em homenagem ao Policial Militar morto em serviço.

Instituído pela Lei nº 15.156, de 24 de abril de 2018

*A data escolhida está relacionada ao episódio ocorrido em 08 de agosto de 1990, quando um Soldado da Brigada Militar foi morto com um golpe de foice desferido por integrantes do MST, no centro de Porto Alegre

O dia 04 de Agosto na História da Brigada Militar – A Enfermaria recebeu a denominação de Hospital.

A  Ordem do Dia nº 236, determinou que ” … o estabelecimento de saúde chamado “Enfermaria” se denominasse “Hospital”.

Fonte: Esboço Histórico da Brigada Militar, Volume I, página 408