A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Agradecimento do diretório do partido federalista de Vacaria à Brigada Militar, em 1915

A Federação, no dia 24 de abril de 1915, sábado, noticiava:

Um officio — Os officiaes da Brigada Militar que fizeram parte da recente expedição á Vaccaria receberam do directorio do partido federalista daquelle município o seguinte officio.

“llmos. srs. tenentes-coroneis Affonso Massot e Claudino Nunes Pereira e demais officiaes da expedição da Brigada Militar, que opera neste municipio.

O partido federalista deste departamento da gleba riograndense, num movimento de expontanea gratidão, vem, pelo directorio infra-assignado, tornar publico o seu reconhecimento aos dignos commandantes e officiaes da expedição da Brigada Militar do Estado, que operou nesta zona, pelo modo cortez, delicado e effectivamente elevado que os caracterisa, pela disciplina austera que imprimem aos seus commandados e pelo respeito ao cidadão e á familia.

Quer, assim, o partido federalista, parte integrante da sociedade que os acatou e applaudiu, representado por seu directorio, prestar a mais desinteressada e sincera, homenagem aos dignos officiaes a quem a sociedade vaccariense si tornou devedora de gratidão imperecivel e reconhecimento eterno.

Recebam, portanto, os ilustres commandantes e officiaes as homenagens e gratidão do partido federalista vaccariense.

Liborio Antonio Rodrigues, Athanazio Rodrigues da Silva, José Fernandes Bueno, Sesefredo Borges Vieira, João Faustino de Oliveira, 2º secretario.

Vaccaria, 15 de abril de 1915.”

Fonte: A Federação, Anno XXXI, Edição 093, de 24/04/1915, sábado, página 5. * Mantida a grafia da época.

**Em 06 de outubro de 1914, a “Coluna Expedicionária da Brigada Militar do Estado”, a Comando do Ten Cel Afonso Emílio Massot, constituída pelos 2º Batalhão de Infantaria (292 homens, comandado pelo Ten Cel Afonso Emilio Massot) e 1º Regimento de Cavalaria (187 homens, comandado pelo Ten Cel Claudino Nunes Pereira), foi mobilizada para deslocar-se para a localidade de Capela de São João, Município de Vacaria, com o propósito de exercer vigilância na fronteira do Estado em razão da possibilidade dos rebelados do “Contestado”, na região de Lages (SC) passarem para o território do Estado do Rio Grande do Sul. O 2º Batalhão de Infantaria retornou à Porto Alegre em 05 de fevereiro de 1915. O 1º Regimento de Cavalalria retornou à Porto Alegre em 21 de abril de 1915. Mais informações, no Esboço Histórica da Brigada Militar, Volume I, 2ª Ed. 1950, páginas 450 a 461).

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *