A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Revista dos Militares homenageia o Comandante-Geral da Brigada Militar.

A Federação, no dia 25 de novembro de 1913, terça-feira, noticiava:

Revista dos Militares

Foi distribuído o n. 41 desta revista, relativa ao mez.

A matéria, que é abundante e variada, obedece ao seguinte summario:

Coronel Cypriano da Costa Ferreira, A Redacção; Notas do mez, A Redacção: General Rodrigues Lima, Souza Docca: O livro do tenente-coronel Gouvêa, Enéas P. Pires; Uma conferencia (transcripção), Aurélio de Figueiredo; Manobras da 12ª região militar no anno de 1913, A Redacção: O que todo offilcial de infantaria deve saber (acompanham figuras elucidativas), Fred G. Pinto Gouvea; Accumulações remuneradas, F.; Concurso da Revista dos Militares, A Redacção; Ligeiras considerações sobre o regulamento para instrucção e serviços geraes nos corpos de tropas no Exercito. Enéas P. Pires; Serviço de administração da Guerra, João Príncipe da Silva; Pelo Congresso Nacional. Justiça Militar L. L.; Consultas, Lal; Secção bibliographica, A Redacçào; Synopse dos actos officiaes no Ministério da Guerra, L. L.; Noticias – Secção de contabilidade (na capa) – – etc., etc.

lllustrações: Retratos do coronel Cypriano da Costa Ferreira e general Rodrigues Lima – 30 bataIhão de infantaria: vista geral de um acampamento; uma escola de esgrima – Serviço da Carta: construcção de marco e abertura de picada – Arsenal de Guerra de Porto Alegre: officinas de carpintaria; typo de carroças de campanha.”

Na pagina de honra vê-se uma nítida photogravura do coronel Cypriano da Costa Ferreira, commandante da Brigada Militar, a quem a “Revista dos Militares” faz as seguintes referencias:

“Ilustra a primeira pagina de nossa “Revista” o vulto, ao mesmo tempo syimpathico e distincto do coronel Cypriano da Costa Ferreira, actual presidente de nossa Directoria.

O homenageado, nome assás conhecido, pertence ao Nucleo Mantenedor desde a fundação desta “Revista”, em cuja directoria exerceu a principio o cargo do vice-presidente.

Pertence á arma de infantaria, tem o curso de engenharia militar, é bacharel em mathematicas e sciencias physicas e naturaes e commanda a Brigada Militar do Rio Grande do Sul.

Aos seus relevantes serviços no desempenho de diversos cargos, commissões e commandos no Exercito, pode o coronel Cypriano addicionar, com orgulho, os que vem prestando, com o maior brilhantismo e intelligencia na Brigada Militar do Rio Grande do Sul.

Auxiliado por distinctos instructores – dignos officiaes subalternos de nosso Exercito – tem o coronel Cypriano sabido dar tal orientação ao seu commando que a Força Estadual riograndense occupa hoje posição de destaque por sua instrucção e disciplina.

Ao nosso velho e bom camarada, os cumprimentos da “Revista dos Militares”.

Fonte: Jornal A Federação, edição 274, de 25/11/1913, página 3. – *mantida a grafia da época

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *