A BRIGADA, HÁ UM SÉCULO … – Obras em quartéis da Brigada Militar, próprios residenciais e cais.

A Federação, no dia 27 de setembro de 1916, quarta-feira, noticiava:

Obras públicas

Importaram em 7:967$704 rs. os consertos e outras obras necessárias effectuadas no quartel general da Brigada Militar, ocupado também pelo 1º batalhão de infantaria.

No Crystal fizeram-se mediante contracto, no valor de 20:751$755 rs., reparações no edifício e nas casas, pertencentes ao Estado, ocupadas por officiaes, e reconstrução do caes fronteiro.

No Grupo de Metralhadoras fizeram-se excavações e aterros para nivelamento do terreno e drenagem das aguas que affectavam a solidez do prédio, dependendo-se a quantia de 7:275$592 réis. Acham-se em construcção um alpendre em róda do edifício e a rede de exgottos com o competente tratamento sanitário.

Com as importantes obras de consolidação que se tornaram indispensáveis no quartel em Santa Maria, terá o Estado que despender a quantia de 14:600$000 réis, conforme contracto.

Montaram a 8:748$400 réis as obras feitas no Hospital Militar com o fim de impermeabilizar as paredes por meio de escariola e azulejo.

 

*Mantida a grafia da época.

Fonte: Jornal A Federação, Ano XXXIII, edição 224 de 27/09/1916, quarta-feira, página 2

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *